segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Espiritualista sim, otário não

Estava esperando um momento de inspiração para iniciar as postagens de 2011.
Uma psicografia, uma música talvez, um tema que tocasse à alma...
Mas assim não ocorreu. As psicografias mantiveram-se atreladas somente aos assuntos dos livros e eu permaneci esperando o momento certo, enquanto me ocupava com os assuntos do dia-dia...

Até ontem, quando recebi um email encaminhado por pessoas queridas que, presumo, não tenham lido antes de reencaminhar e que o fizeram julgando tratar-se de material útil e inspirador. Mas para mim foi a gota d'água catalizadora da revolta.

O fator indignante? Mais uma suposta canalização cheia de palavrório enchedor de linguiça e desprovida de qualquer coerência e lógica. Geralmente não leio canalizações, embora acredite no fenômeno em si, pq é muito joio pra pouco trigo, e o trabalho de separar o que do que, na minha opinião, não compensa.  

Posto no blog a mensagem supostamente canalizada, sem assinatura do autor, porque meu objetivo não é atacar diretamente ninguém, afinal são milhares de delirantes em busca de público - o que  infelizmente conseguem justamente porque somos incautos!


Já passou da hora de termos mais discernimento e pararmos de embarcar em tudo que diz por aí ser canalizado!Vamos nos poupar de tanta baboseira!!!

É inadimissível que alguém que já tenha estudado seriamente qualquer forma de espiritualidade alguma vez na vida, caia nessas esparrelas que abundam na Internet.


Uma outra amiga, após ler meus comentários, ponderou que não se sentia apta a julgar nada nem ninguém e que poderia haver algo bom nessas 'canalizações' que poderiam ajudar alguém, e por isso deveríamos focar nas coisas boas e não nas ruins. Com certeza todos tem liberdade de opinião, mas para estes digo, como respondi a minha amiga, que:

Essa falsa espiritualidade fast food é um desserviço à vida e aos irmãos de busca, pois quem por aí achar que está 'se encontrando', que 'lhe tocou alguma frase' ou que 'algo ressoou' acaba se identificando com mentiras, que mais tarde custarão muito para serem esclarecidas, porque depois qeu a pessoa se identifica com a 'maionese', começa a achar o lanche simples, verdadeiro e que faz bem à saúde insípido.

Percebem o que eu quero dizer?

Já vi com tristeza muitos enganos ocorrerem em nome dessa pseudo nova 'alta tecnologia espiritualista'. Um exemplo: Quem vai querer ouvir de um guia 'simples' de Umbanda, por exemplo, um preto velho, que os sonhos, visões e sensações estranhas que uma pessoa tem tido são fruto de uma obsessão simples ou complexa, quando é TÃO MAIS LEGAL ouvir de um suposto expert no assunto que são lembranças de outra vida em outro planeta ou que são contatos extraterrestres?

A maioria prefere o engano bonito que a verdade feia.

Além disso, nesse tipo de canalização fajuta, é comum  encherem linguiça com algo que pode soar bem ou parecer bom aos incautos (palavras como vemos no texto: luzes, rosas, mestres, Atlântida, e citações a seres de escol respeitados em vários segmentos espiritualistas, como Mãe Maria, Dr Bezerra de Menezes, etc), apenas para servir ainda mais à máquina da enganação.

Como diz meu amigo Léo, nas épocas em que vivemos já foi previsto que os falsos profetas diriam que Jesus estaria ali, ou acolá, e que deveríamos manter olhos e ouvidos bem abertos, pois ali onde lhe apontassem, ele não estaria...

Leiam abaixo o texto do qual falo, e entre parênteses, meus comentários, e por favor, lembrem-se que nos tempos que vivemos não basta orar, é preciso também VIGIAR!




Texto recebido por email com autoria omitida:



Salve as luzes cristalinas interligadas ao amor cristico!
(As luzes opacas poderão se sentir ofendidas...)

Salve a cadeia irradiante que simboliza a Grande Fraternidade Branca Universal.
(Eu prefiro saldar a muralha cintilante, é mais impactante!)

Em raios cósmicos coloridos, nos fundimos em amor para ajudar as placentas terrenas.
(Pelamor, que é isso??? O obstetra da Tinkerbell?!?!?!?)

Em abnegação ao que fazemos, beijamos o ar, as flores cristalinas, as rosas do altar de Maria de Nazaré em conivência com o seu coração misericordioso!
(Bom saber que as rosas do altar não discordam do coração da mãe de Jesus, seja lá o que isso queira dizer...)

Espalhamos nessa terra a luz cristalina dos cristais atlantes. Cada um daqueles que conviveu com a sabedoria desse grandiosos mestres, recebem deles de forma paulatina a irradiação necessária.
(Dificil acreditar que quem conviveu com qualquer mestre, até mesmo o dos Magos da Caverna do Dragão, seja capaz de escrever tanta coisa incoerente!)

Em rogativas de fé concluímos que, nessa abençoada terra, a conotação do amor cristalino acontecerá nos habitantes que também residiram no amado continente perdido: A Atlântida.
(uma conotação que acontece, entendi...)

Crer que os continentes evoluídos não existiram é negar a evolução humana, assim como a presença dos itinerantes raios de Deus sobre todos nós.
(O que Darwin diria sobre isso?!?!??! E os raios são ciganos???)

Somos família do passado que se perpetuará em laços lineares afeitos a sobriedade da sabedoria universal.
(Pessoalmente já tive a infelicidade de ouvir sobre supostas ligações familiares imaginosas, ridiculas e exorbitantes atribuidas a membros de um mesmo grupo , da boca  de médiuns muito, mas muito perturbados,  e sobre isso só cabe dizer: CUIDADO com a manipulação emocional que muitos tentam através disso conseguir! Mas delírios aparte, os tais 'laços lineares',  além de ir contra a espiral de DNA ainda são abstêmios???)

Quando afirmamos que essa terra recebeu muitos dos nossos amigos alguém ainda duvida.
(Quem???)

Mas não podemos contestar, e sim, reafirmar que amigos amados estão em nova roupagem nessa terra em quantidade razoável, assim como em outras terras além do Brasil.
(Salve os estilistas da Nova Era!!!)

Portanto, cada um deles pode se tornar um portal de luz e proteção basta que se disponha a lidar com a luz celestial, e retomar as suas antigas funções.
(Como assim? Devemos voltar a ser pastores, carpinteiros, estivadores ou seja lá o que fomos em outra vida? Vamos todos voltar as funções primitivas e abolir totalmente o uso da internet e da informática numa tentativa de salvar o mundo ecologicametne? E quem foi médico, pode voltar a clinicar e dane-se o CRM?)

Mas nenhum ser atlante do passado pode se descrever como privilegiado. Assim sendo, sem nenhuma pretensão de vaidade de se sentir um enviado muito especial de Deus.
(Carteiros são de fato seres muito mais úteis que os ditos canalizadores!)

Que as faíscas dos metais do passado possam lhe impregnar com o mesmo amor que tínhamos por eles e que continuamos a ter.
(Sem comentários... Viva o IronMan, Vulcano e o Ogum da Forja!!!)

Descendo aos céus interiores vamos nos encontrar dentro das civilizações mais adiantadas às quais se tem notícias.
(Me pergunto o que encontraremos nos solos exteriores....)

Falamos-lhes de nós atlantes, mas quantas outras passagens já tivemos como conhecedores das energias potentes de amor?
(Ah, agora entendi! As pessoas que criaram o album de figurinha" Amar É..."  na década de 70 eram todas atlantes...)

Somos inúmeros porque nos encontramos na Escola definitiva do amor universal convivendo com as mais ricas experiências. (Menos de lógica e coerência textual) Mas, somente agora somos convocados a retomar os nossos antigos afazeres, isto é se nos prepararmos para esse evento de quinta grandeza.
(isso é bom ou ruim? estamos falando de uma escala ascendnete ou descendente)

Irmanados na luz das festas cristalinas (Oh a Disney aí de novo, gente!), estamos envidando esforços para lhes presentear com o passado cuja ciência se encontra mais viva do que nunca. (Jurassic Park?)

Com o coração transbordante de lembranças desse passado encantador, sou o atlante que lhes espera para esse grande e esperado momento.
(Por favor, não espere por mim!)

Em luz e amor lhes torneamos a alma.
(Não sei se esse termo saiu de algum Spa do Projeto Portal ou de alguma técnica de extração da alma da alienígena malvada Anna da série V, mas na minha alma ninguém vai tornear p... nenhuma!!!)

3 comentários:

  1. Jen, parabéns pelo acerto e agudeza dos comentários.

    Problemas graves com esse que envolve as canalizações,s e tornaram tão banais e corriqueiros que a maioria das pessoas nem se dá conta do perigo que uma canalização mal feita é para a fé, para a sensitividade e espiritualidade em geral.

    Como disse, o trabalho de bons espiritualistas é atirado na lama por causa de pessoas que, mesmo bem intencionadas, transmitem mensagens não muito coerentes e assinam em nome de Maria, Ashtar, Bezerra, e modernamente, até Chico e João Paulo II.

    A intenção de ajudar é legítima e gloriosa, no entanto, se o conteúdo for anímico (e não há mal nisso), o médium que trate de evitar uma heresia e assine com seu nome de batismo e não com nomes sagrados.

    Leo

    ResponderExcluir
  2. Criatura

    Nós que a tudo vemos, lemos sua postagem e os comentários postados a respeito deste assunto tenebroso.

    Reproduzimos parcialmente o texto do seu blog como fundamento ilustrativo do trabalho demistificatório que realizamos há algum tempo e que agora resolvemos expôr a público, nos inspirando nas interações entre o material que posta e comentários de seus seguidores.

    Sinta se livre para comentar nosso próprio material.

    http://fornalhapurificadora.blogspot.com/

    Shadrack, Mesaque e Abdnego.

    ResponderExcluir
  3. Adorei essa parte: "Somos família do passado que se perpetuará em laços lineares afeitos a sobriedade da sabedoria universal." E é claro, comentário que a segue...

    ResponderExcluir