sábado, 2 de junho de 2012

Bruxa: Ser ou Não Ser, eis a questão



Uma Bruxa nasce pronta, mas se não se preparar para o ofício, será eternamente semente.


Quem nasce bruxa sabe que é, ainda que o mundo inteiro lhe dê diversas nomenclaturas, quando julgam ‘bruxa’ pejorativo: maga do Bem, angeóloga, seguidora das fadas, estudiosa de ciências ocultas, xamã, e a mais moderna de todas, terapeuta holística.
Entretanto o oposto nem sempre é verdadeiro. Nem todo psicólogo é bruxo, nem todo estudioso é um visionário, ainda que alguns, geralmente os melhores do ramo, o sejam. 


Mas viver da bruxaria é algo complicado... como explicar para um bando de ‘trouxas’ como funcionam as regras no mundo dos harry potters? As pessoas nos procuram como quem compra um serviço: 50 real pra trocar o encanamento, 30 por uma blusinha da moda, 3 paus por uma lipoaspiração = 50 mango uma limpeza energética, 80 uma leitura de Tarot, 1000 reais pra trazer o ex ou a ex de volta.


Essa relação desgastante entre duas culturas em choque, a materialista-capitalista e a espiritual-evolucionista-vamos-ser-mais-felizes-agora-e-fazer-tudo-certinho-pra-modi-o-Bem-vencer me fez fugir daquilo que posso dizer ser um dos meus maiores talentos naturais: aconselhar pessoas. 


Fui pra Santa Catarina viver a ‘vida normal’, trabalhar das 5 às 23h pra pagar as contas e deixar a espiritualidade somente para os fins de semana, as leituras inspirativas e os momentos de louvor e reconexão ou de grande necessidade. 
E é claro,  os equinócios e os soltícios, porque como me disse uma vez minha amiga Lullu Saille, 'uma vez da Deusa, sempre da Deusa'.


Por quê?
Estava de saco cheio de abordar mil aspectos da vida da pessoa, ter um mentor ali do lado explicando coisas sérissimas sobre ligações kármicas do passado da pessoa e sobre como ela deveria proceder pra vencer os desafios que ela mesma se propôs e concluir com êxito seu plano encarnatório, e a pessoa ali só querendo saber de macho. Assim, não vou nem usar meios termos, a palavra é essa mesma: ‘macho’. Como dizia numa tirinha de cartoon que eu vi outro dia no Facebook, onde a cartomante podia falar de trabalho, saúde, espiritualidade, tudo, o interesse da pessoa do outro lado da mesa é se ela vai ter ou não pra quem dar no final de semana.

Não pense que eu seja contra o Amor, muito pelo contrário, sou shipper até a alma, mas pelamor, um relacionamento que valha a pena com certeza será abordado numa consulta oracular, mas não cada ficante de fim-de-semana!


Injuriei! Totalmente! Enfiei os baralhos, as runas, os oghans, as essências, os perfumes e os sais mágicos e a varinha de condão tudo no saco (de cetim e veludo) e dali só os tirei pra quem realmente necessitava de uma consulta séria. Assim procedi durante os últimos 11 anos.

Além disso, eu tenho o problema de ser britânica demais pra esse país (não virei professora de inglês à toa!) e minha ética me impedia de ganhar dinheiro às custas da escravidão ou da dependência psicológica das pessoas para quem eu lia, e frequentemente quando a pessoa ia embora, satisfeita, e me perguntava quando devia voltar, eu respondia: “Na próxima  vida, pois nessa eu já te falei tudo o que eu tinha pra te falar. Seja Feliz e tenha uma Boa Vida!”


Para quem trabalhava eventualmente em espaços esotéricos, isso não era exatamente um modelo de sucesso de business... Então eu morria de desgosto quando a pessoa voltava super feliz em me ver dali 3 meses (prazo estipulado pelo espaço) enquanto eu queria pular pela janela, assoviar pra vassoura vir e fugir dali a milhão!

Sim, eu sou uma bruxa relutante nessas questões de oráculos! Mas é porque eu quero que a pessoa crie asas e voe e não que ela se torne viciada em saber o que os astros, as cartas, os números ou os guias espirituais tem a dizer sobre cada aspecto da vida rotineira dela a cada 15 minutos; não que ela tire runas pra decidir se vai buscar pão agora na padaria ou espera dar 6 horas pra ver se o pão está mais quentinho...

Eu já completei bodas de prata faz tempo como uma buscadora dentro dos caminhos da espiritualidade, o que é muita coisa pra quem não tem 40 de idade biológica, e só de prática oracular já se vão 23. Foram milhares de leituras, consultas e dezenas de rituais de celebração e de cursos de preparação de novos oraculistas.
E agora estou voltando.

Sim, esse post é para isso. Para dizer que não é possível fugir daquilo que se tem pra fazer, mesmo que se tenha todos os motivos do mundo para agir assim. 
O Destino fala mais alto, e a Missão também.

Agora, sou uma sacerdotisa umbandista, de fato e de direito, e  a um sacerdote não é permitido quebrar seus votos. Votos que fiz, com entidades que me acompanham no Astral desde o nascimento, que têm me orientado e orientado outros através de mim sempre que eu mesma não me torno o impedimento para isso. 


Já há algum tempo tenho sido ‘convidada’ a retomar meu assento na Santa Ceia dos Magos, aquela na qual o alimento a ser servido é você mesmo, numa sapiensfagia bem ao estilo da esfinge: “Decifra-me ou Devoro-te”, mas a resolução veio após ouvir as palavras de uma cigana, que bateram fundo na minha arrogância:

“Já pensastes se os médicos fizessem como tu, e porque tudo explicam aos seus pacientes em como devem proceder com a saúde e alimentação e eles nada fazem a respeito, se revoltassem, ignorassem seu juramento à Hipócrates, e dissessem:


 ‘Não mais atenderei essas pessoas, pois dou o melhor de mim, tudo aquilo que estudei para o bem estar delas, e elas não dão o menor valor nem fazem a sua parte!’ 


Já pensaste que não haveria mais médicos disponíveis para tratar de ninguém?”

Bom, é isso, pessoal, estou de volta. 
Atendo com Tarot, Baralho Cigano, Runas, Ogham e a consulta vai acompanhada dos meus outros conhecimentos que mais se fizerem necessários: Astrologia, Numerologia, Florais, Naturologia, Cromoterapia, Xamanismo e Reiki


Cursos de Tarot, Baralho Cigano e Runas.


Em breve vou divulgando outras novidades, como Búzios, e detalhes sobre a minha forma de trabalhar com Numerologia, Xamanismo e Reiki. 

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: apesar da minha extensa quilometragem de leituras dentro da área de terapias, arquétipos e mitologias, quero deixar BEM CLARO que o trabalho que faço é o de uma Consulta Espiritual e não de uma leitura com abordagem psicológica ou terapêutica. Junto comigo estarão os mentores desse trabalho espiritual, e muito mais do que ao meu próprio conhecimento, eu procurarei ser fiel às indicações deles para resolver o seu problema, portanto, a Fé na Espiritualidade Maior é o que guiará e definirá o teor da consulta, e não tudo o que eu li sobre Jung, Campbell e Cia. Ltda.

Espero que nessa nova fase desse trabalho eu possa também aprender com vocês, tanto quanto vocês comigo.

Boas Fortunas para Todos Nós!

PS: Mas tá avisado: se neguinho vier me perguntar qual time vai vencer a final, vai sair capado....



Um comentário:

  1. Olá minha querida, tudo bem com você?
    Espero que sim :)

    Cheguei até aqui buscando informações sobre um filme/desenho espiritualista.
    E ''caí'' neste post aqui rsrs.
    Adoreiiiii tua linguagem, e de certa forma até ri, com certos termos, mas é bem isso mesmo.
    Tenho um blog onde escrevo sobre espiritualidade, despertar de consciência, causas pacifistas, ambientalistas, humanitárias e proteção animal.

    Procurei um contato teu aqui como email por exemplo, mas não encontrei, e por isso deixo esta msg aqui.
    Adoraria falar mais contigo e saber das tuas consultas.
    Concordo contigo ao falar que as pessoas hoje querem algo imediato, e estão apenas interessadas em ''macho'' como vc colocou acima rsrs.
    Mas na verdade, muito vem acontecendo nas mais diversas esferas, estamos ai em uma transição planetária, acontecimento este sem precedentes na história da humanidade, mas lamentavelmente tb, a maioria ainda, está voltada a BBB, reality shows, sexo, tv, forma fisica, etc e mais um monte de futilidades. Mal sabem elas que do outro lado do ''véu'', ão há ''photoshop'' para o espírito.

    Bem, se acaso ver este meu comentário por favor, visite-me em meu blog, lá tem como entrar em contato, já que não encontrei aqui.

    Deixo um abraço muito fraterno e um beijo em seu coração direto do meu :)

    Lucy ''Sem Fronteiras''

    www.amorepazsemfronteiras.com

    ResponderExcluir