sexta-feira, 31 de julho de 2015

Universo Além dos Sonhos parte 3 - Interações Extra-Corpóreas

Parte 3 - INTERAÇÕES EXTRA-CORPÓREAS



Dando continuidade às postagens desta semana vamos abordar hoje o fenômeno das Interações Extra-Corpóreas.

Independente de tratar-se de um Desdobramento ou de um Sonho
Lúcido ao emancipar-se a alma entrará indubitavelmente em contato com as energias e os seres que normalmente habitam ou transitam pelos novos mares agora navegados.

O mais comum é que a pessoa seja automaticamente ‘conduzida’ a local conforme suas afinidades naturais, o que na imensa maioria das vezes significa o Umbral, sendo sua camada mais leve a crosta terrestre, onde estão os desencarnados, outros espíritos desdobrados ou também vivenciando sonhos lúcidos.

Se as condições morais e mentais do sonhador não forem lá as melhores, ele pode ‘afundar’ vibracionalmente para as camadas mais densas do Umbral, locais que muito se assemelham a favelas, guetos, charcos, paragens desoladoras e antros onde orgias, ameaças e perseguições ocorrem.

Livre das convenções é normal que a verdadeira ‘face’ se revele, e sem repressões de ordem social muitos se envolvem em atividades de cunho sexual. As experiências eróticas no astral são tão comuns que desde a Idade Média termos como ‘íncubus’ e ‘súcubus’ designam respectivamente espíritos masculinos e femininos que se alimentam da energia sexual dos encarnados.

Outros, irados por conta de alguém ou de uma situação para a qual desejem vingança, costumam ser abordados por outros que vibrem na mesma energia de ódio à procura por desforra.

Tanto com referência aos lugares visitados como com relação aos seres com quem interagimos, o contato com energias densas, pesadas e profundamente negativas causa desgaste áurico e até mesmo perfurações e rombos; acordamos extenuados e levamos dias para nos recuperarmos. O vampirismo é frequentemente uma via de mão dupla.

Algumas vezes esses danos evoluirão por conta de nossa invigilância e a ausência de práticas de equilíbrio diário, que seja na simples forma de uma oração, e só teremos condições de saná-los através de uma terapia que atue nos corpos sutis ou do auxílio de uma casa espiritualista ou da presença de um médium de energias curativas.

O contrário também ocorre: uma cura pode ser conseguida em uma viagem astral ou num momento sublime em que entramos em contato com um ser de evolução superior à nossa, seja este ser um anjo, um mentor, um encantado ou um extraterrestre. Diga-me com quem andas – ou com quem te afinizas – e eu te direi quem és.

Aqui reside de fato a grande utilidade de tornar-se um sonhador consciente, e utilizar-se das horas noturnas para entrar em contato com seres de dimensões superiores e aproveitar a oportunidade de um aprendizado único e da possibilidade de estender a nossa compreensão daquilo que rotineiramente chamamos de AMOR, mas que em verdade ainda somos, dentro da escala evolutiva, aprendizes, necessitando muita prática e mestres eficientes e pacientes.

Na próxima postagem abordaremos o último tópico deste intrigante tema: as SIMULAÇÕES.

Duvido que você já tenha ouvido falar...
Somente aqui na nossa página, conteúdo inédito para as suas dúvidas de sempre!

Jennifer Dhursaille

Nenhum comentário:

Postar um comentário