quinta-feira, 8 de junho de 2017

VERDADES E MENTIRAS SOBRE A INTRATERRA


Sábado está chegando e um dos assuntos que quero muito conversar com quem comparecer à palestra de Lançamento do Livro "Cartas da Intraterra" é a questão das informações desencontradas na Internet sobre a questão da INTRATERRA.
Realmente há muito JOIO para pouco TRIGO, mas a principal razão pela qual isso acontece, especialmente aqui no Brasil é o que vou procurar explicar no dia.
Existe uma ENORME diferença na forma como o assunto ESPIRITUALIDADE (dentro do qual a temática EXTRATERRESTRE está inserida) é abordado aqui e em países como Estados Unidos e Inglaterra. O mundo anglo-saxão funciona de maneira diversa para a mente latina.
Existe todo um "Business" ligado a forma como as informações são transmitidas lá, e o Brasileiro médio simplesmente não compreende isso. 

Lá fora não existe a "pegada" Chico Xavier, o trabalhar espiritualmente pela caridade, o divulgar as verdades 'de graça' porque "de graça também recebi". Não é assim que as coisas funcionam lá.

Estamos falando de países cujas culturas prezam acima de tudo que alguém não seja um LOSER, um 'perdedor', alguém que 'não se deu bem na vida'. Lá você sai de casa aos 17 pra não voltar mais, fazer sucesso, se fazer inveja aos outros através do seu sucesso.

Para a maioria de nós, latinos, isso não faz sentido - Graças a Deus! 

Mas lá faz, e é por isso que "Espiritualidade" é um meio de se ganhar dinheiro como qualquer outro, lá você ser dentista, advogado, vendedor ou canalizador dá no mesmo. É como você ganha a vida, como se sustenta e se você for bom no que faz, ganhará mais dinheiro do que os demais.
Isso é seu objetivo de vida, indiferente de você ser um paranormal ou não. Se for, isso é considerado um talento seu assim como pintar, cantar, ser um atleta. E é seu direito cobrar por isso para entreter os outros.

Por isso você vê hoje canais de TV pela Internet, programas no Youtube, websites super profissionais para passar uma ideia de solidez para aquilo que está sendo vendido pelo profissional, e isso inclui 'canalizações', supostos 'acessos a verdades espirituais que a maioria não tem', 'contatos com seres de esferas muito superiores' e inclusive intraterrestres.

Há no momento muitos mentirosos sendo idolatrados, cujas mensagens cheias de distorções e inverdades estão sendo compartilhadas porque a pessoa no caso é um excelente vendedor, sabe se vender muito bem e tem muitas vezes todo um esquema de marketing trabalhando para divulgar suas ideias.

Muitos desses se dizem "compelidos" a não cobrar por informação recebida do alto (ou do Embaixo na minha opinião), e disponibilizam produtos para venda como meio de obterem algum lucro.
Não se enganem, o lucro não vem dos itens vendidos 'no lojinha', vem das centenas de videos compartilhados no Youtube, dos patrocínios, dos anúncios, da audiência que você dá às mentiras que eles querem propagar.

Além disso, assim em cima como embaixo, portanto:

"Se alguém está se empenhando tanto em tornar um mitômano esquizofrênico porta-voz de verdades, um bom motivo tem. E esse motivo pode estar, além das finanças, bem situado em promover a discórdia entre as ovelhas do rebanho".

Meu conselho?

Não siga ninguém. Você não precisa 'acreditar' no que os outros dizem para aprender as grandes verdades espirituais ou para compreender aquilo que os Extraterrestres e Intraterrestres querem compartilhar não com UMA pessoa, mas com TODA a HUMANIDADE.

Toda leitura, canalizada, psicografada ou simplesmente inspirada, ou ainda escrita por um ser humano não atuado por um força exterior a si mesmo mas motivado pelo bom senso, deve servir para ajudá-lo a obter essa capacidade, a desenvolver sua própria maestria.

Mensagens que promovem apenas o seu suposto autor como "o profeta", como "o conectado" e que colocam os leitores como seres passivos à espera de mais uma 'atualização' de informações, não está servindo à Luz, mas trabalhando para fomentar a divisão entre aqueles que PODEM e os que NÃO PODEM, os que são ESCOLHIDOS e os que NÃO.

Essa definitivamente não é uma política da Intraterra.

Jennifer Dhursaille para a Tríplice Aliança
Sirius - Orion - Plêiades

Nenhum comentário:

Postar um comentário