terça-feira, 21 de novembro de 2017

Realidades Invisíveis com Prof Dr Euvaldo Cabral Jr

De todas as coisas que vou garimpando na Internet, o que considero de mais valioso compartilho aqui no blog, já alguns anos.

Conheci a Transcomunicação instrumental bastante tempo atrás, através do livro de Sonia Rinaldi; profundamente interessada no assunto, tentei acompanhar notícias, buscar mais informações, mas me parecia que o assunto avançava muito pouco.

Ontem minha amiga Sol Ierullo me falou sobre o trabalho do Prof Euvaldo, e eu imediatamente comecei a pesquisar a respeito, e achei esses dois vídeos. F A S C I N A N T E !

Conforme relatei em vídeos e nos meus mais recentes livros, embora eu sempre buscasse resposta nas religiões e filosofias, em meus contatos com seres extradimensionais ficou claro para mim que havia uma enorme confusão entre conceitos ditos espiritualistas e a verdade vivida por esses seres em suas respectivas realidades.

Seres Extraterrestres, Intraterrestres, Ultraterrestres, seja lá qual a nomenclatura utilizada, não vão procurar 'desconverter' ou confrontar a fé das pessoas com as quais entram em contato, eles simplesmente sorrirão, cientes da nossa ignorância e entendedores das nossas dificuldades em compreender algo que contrarie aquilo que tomamos como 'inquestionáveis verdades espirituais', mas irão nos expor aos fatos da vida deles, e essas descobertas, esses aprendizados acabarão pondo por terra todas as nossas falsas concepções.

As religiões - todas - tem os dias contados e nossos conceitos sobre Espiritualidade se modificarão enormemente, para que possamos alcançar o status de uma civilização estelar.

Tenho aguardado esse dia desde que nasci, e acredito que do outro lado da vida  ainda estarei fazendo a minha pequena parte para que aqui chegue essa Nova Aurora para a Humanidade da Terra.

Fiquem, portanto amigos, com esses preciosos vídeos e os questionamentos que eles nos propõem:





terça-feira, 14 de novembro de 2017

Sobre o portal 11:11 e outros

Outra pergunta feita pela nossa amiga Mônica Turolla sobre os portais, principalmente o 11:11



11:11 é um portal ligado mais especificamente às contrapartes divinas. 
Muitos 'trabalhadores da luz', a partir de um certo ponto, atua aqui na 3D junto à sua contraparte divina, mesmo que ela esteja em outra dimensão ou até mesmo orbe planetário.

Como grande parte do trabalho da Transição Planetária é simplesmente ancoragem da energia do Amor, muitos pares já integrados à suas contrapartes aceitaram encarnar na Terra, vira e mexe eles são atuados pela energia desses portais.

Amanhã (12 de novembro de 2017, através do 'cruzamento' nos céus dos planetas Vênus e Júpiter) a consciência do Amor se amplia um pouco mais sobre Gaia.


Um portal energético entretanto nem sempre é marcado por uma data numérica chamativa, embora muitos sejam. 


Já a decodificação numérica, quando você se depara com uma determinada sequência repetidamente, é um sinal de que você está em sincronia com seu caminho, seja ele qual for.


As pessoas que vêem muito 11:11 são as que precisam atuar junto à sua contraparte aqui, mesmo que estejam inconscientes disso neste plano. Outros trabalhadores vêem outras sequências com mais frequência.
O 11:11 reforça o sentido de identidade e integração de polaridades.


Pessoas que têm missão com a coletividade podem ver 21:21 ou 09:09.


Pessoas em fases de transformações na vida, família etc costumam ver 20:20, 12:12, 04:04, 16:16.
Para quem procura emprego é bom sinal avistar (até em placas de carro, endereços etc) 13:13 e combinações de 0, 4, 5 e 1.


Entretanto vale lembrar que toda interpretação de simbologia espiritual, e muito do que se lê por aí baseado na numerologia, assim como a Astrologia convencional, são defasadas perante as "ciências holísticas e interpretações energéticas dos seres Extraterrestres".


Na maioria das vezes os contatados vêem sequências numéricas nas naves e não sabendo o que significam, quando 'acordam' na 3D procuram explicações nessas ciências daqui, e nunca será o que realmente significam lá para eles.


Dentro daquilo que aprendi com eles, as sementes estelares costumam ser 'ativadas' perante determinadas frequências de som, cor, geometria e cenas - palavras raramente, pois são condicionadas a um idioma e tudo que os Extras fazem é predominantemente universal, tem que funcionar para o chinês e o sueco da mesma forma. Essas ativações entretanto se dividem em grupos que podem ser étnicos, extratos sociais ou por linhagem espiritual, entre outras divisões em acordo com o projeto em andamento. 


Periodicamente então os contatados, divididos por grupos, são ativados de formas diferentes por portais energéticos diferentes embora de atuação coletiva. A mesma energia é modulada para cada extrato de acordo com sua função, por isso alguns individuos vêem mais alguns números do que outros.
Isso assim, falando bem por cima....

Existe Aborto na Intraterra?

Respondendo a uma pergunta feita no Facebook bastante pertinente do nosso irmão Raimundo que nos abre possibilidade de abordar como é feito o controle de natalidade em Telos, cidade intraterrena localizada abaixo do Monte Shasta na California/ EUA


:


Raimundo De B. Farias Algumas dúvidas!...Os seres intraterrenos praticam aborto?...se praticam, em que casos os fazem?...ou será que é proibido aborto nos mundos internos?...Se for proibido, porque é proibido?

Gerenciar
Jennifer Dhursaille Raimundo, não existe aborto da forma como entendemos aqui, em Telos, assim como não existe estupro, nenhum tipo de violência nem à mulher nem a criança ou aos adolescentes. É literalmente um outro mundo, com outra lógica e outras regra que funcionam bem dentro da realidade deles, ainda que como sempre digo, ela não seja perfeita. Respeita-se a sabedoria dos anciãos e o sexo é visto como sagrado, não apenas porque gera a vida, mas porque é um momento de comunhão divina entre dois seres. 

A natalidade lá é controlada de forma natural, o casal se propõem ou não a serem pais e essa decisão é como uma freqüência emitida ao universo, que os torna canais receptivos ou não a um espírito que deseje encarnar e seja compatível com as energias geracionais tanto do pai como da mãe. Existem casos de aborto espontâneos, de gestações que não se concluem, por abandono do projeto do espírito que se candidata àquela encarnação ou também pode ocorrer de a mãe ou mesmo o casal (geralmente a mulher é levada mais em conta uma vez que a gestação implica em sacrifícios de doação física e energética dela prioritariamente) não estar em boas condições energéticas - do corpo fisico ou psíquico ou ainda dos mais sutis - e isso ocasionar um aborto. 

Como expliquei nos videos e no livros, lá existe uma predisposição íntima acompanhada de uma necessidade de se pedir permissão para gerar novas vidas através de um compromisso formal, somente seres conscientes se candidatarão a serem pais, cientes das enormes responsabilidades disto. Sendo o 'controle de natalidade' uma ação de imposição do campo mental sobre o físico, e não sendo eles seres que dominam isto completamente, embora o façam de forma muito melhor que nós, pode ocorrer falha, e nesses casos os nascimentos são bem vindos e vistos como bênçãos inesperadas da Fonte Criadora. Lá os pais também não criam os filhos sozinhos, há todo um apoio da coletividade em torno do casal. 

O mais próximo de um 'aborto' da forma que conhecemos aqui, seria a mãe - não se sentindo apta a levar a gestação ao término por N motivos, e não estando o pai também em condições ideais por outros N motivos - 'decretarem ao universo' fazendo assim uso das suas faculdades mentais e emocionais, que não desejam serem pais naquele momento pelas causas X e Y e pedindo ao espírito encarnante que aguarde nova oportunidade através deles ou de outros pais compatíveis. 

Essa atitude, em 90% dos casos leva ao aborto "espontâneo". Os 10% que não obedecem ao comando dos pais nascem e são criados da melhor forma que for possível.