segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Poderoso Mantra Destruidor de Negatividade, Inveja e Magia - Bolo Bolo O...

Estamos migrando para a nova plataforma no Wordpress!

Aos poucos os principais textos deste blog serão compartilhados lá, mas não faremos aqui novas postagens, então....


Gratidão por estes quase 10 anos de blog!

Siga a gente em: www.escritorastellar.com.br

Lá tem link para nossa página do Facebook e Instagram!


Nosso presente de despedida pra vocês:

21 dias cantando, dançando, faxinando a casa, a vida, as relações com as bênçãos de Shiva!



J Stella













quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

QUANDO A UMBANDA ENCONTRA OS ETs



O texto abaixo é muito bom para esclarecer uma confusão constante.
Entenda de uma vez: a esquerda na Umbanda, exus e pombas-giras, são guardiões, atuam como a polícia do astral. Muitos seres ultradimensionais, incluindo extraterrestres atuam sob essa roupagem, logo não PODEM FAZER O MAL A NINGUÉM.
Existem, ainda, na linguagem umbandista, os eguns e kiumbas.
Eguns são espíritos desencarnados sem luz, vagam nos umbrais - sendo várias camadas comuns à superfície da crosta, portanto você pode estar literalmente caminhando no meio do umbral em determinados locais que vai - e são geralmente identificados e encaminhados nas engiras ou sessões espíritas. Geralmente não querem o mal daquele que estão involuntariamente prejudicando por estarem em seu campo. São os "amigos do copo", "amigos do cigarro", "Amigos da esbórnia" e também se afinizam ao campo dos que estão deprimidos, magoados, irados, movidos por espírito de vingança etc pois tudo é imediato através da sintonia a partir da 4ª dimensão.
Os kiumbas são os famosos magos negros, seres identificados com o conceito generalizado de 'mal', sentem prazer em torturar ou inflingem dano para recompensa própria através dos seus 'chefes'. Muitos são os famosos 'draconianos' e têm como foco principal de ação o impedimento às ações das Sementes Estelares. Atuam para que a transição planetária ocorra da forma como eles consideram melhor para si (que logicamente não é o melhor para a imensa maioria de nós).
Por isso muitos contatados e sementes estelares com missão, que manifestam mediunidade ostensiva, têm guias de umbanda para sua proteção e para que o individuo aprenda a identificar as energias na prática, e não ficar somente na teoria -Afinal a vida é prática, não?
Uma semente estelar, contatado, médium tem que saber identificar o teor de uma energia de imediato quando entrar em contato com ela. Não pode ficar somente no: "É do bem" ou "Acho que não é da luz..."
Para lidar com inteligências extrafísicas é preciso VER, e nem sempre os olhos (e mesmo a clarividência) são suficientes. Os sentidos multidimensionais despertos são o verdadeiro meio de diagnóstico preciso.
Por isso a Família Estelar atua bastante na Umbanda e outras religiões onde o conhecimento xamânico esteja presente, e ali atuam no desenvolvimento assistidos de suas faculdades e das potencialidades dos seus chakras, pois assim seus contatados aprendem a identificá-los pela via correta.